quarta-feira, 1 de agosto de 2012

CORA CORALINA

CORA CORALINA (20/08/1889 - 10/04/1985)


Foi poetisa e contista.

Uma das principais escritoras brasileira, publicou seu primeiro livro aos 75 anos.

Mulher simples, doceira de profissão, alheia a modismos literários, produziu uma obra poética rica em motivos do cotidiano do interior brasileiro.

Saudada por Carlos Drummond de Andrade no Jornal do Brasil (dezembro de 1980), passou a ser admirada por todo o Brasil.

Obras
Poemas dos becos de Goiás e estórias mais (1965)
Estórias da casa velha da ponte (contos)
Meninos verdes (infantil)
Meu livro de cordel (1976)
O Tesouro da casa velha
Vintém de cobre - Meias confissões de Aninha (E. Global)  - 1983
A moeda de ouro que o pato engoliu
As cocadas

Sua casa na cidade de Goiás foi transformada num museu em homenagem à sua história de vida e produção literária.

Vicência Bretãs Tahan (única filha de Cora) é autora da biografia romanceada Cora coragem Cora Poesia

Fonte: wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário